segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

1.000 Horses In My Herd (6)

Para sair das armadilhas do mundo das formas (pensava) eu não possuía nenhum outro meio além da própria forma ; sentia que quanto mais eu quisesse apagar esse ou aquele ato governamental , e substituí-lo por um feitiço infalível ,tanto mais concentrado  eu deveria estar na superfície formigante das coisas, para torná-la permeável ao indizível que havia na expressão do meu comando interno.  Agora mais do que nunca , quando estávamos prestes a sermos atacados por mísseis intercontinentais, eu escrevia com mão firme sobre o ''prato de ovos fritos'' asiático , inexorável lançadeira que comia minha página com a indiferença de um flagelo químico. Erguendo a borda do prato que estava sobre a base do livro de notas acidentais,  virei a página e voltei a brincar com o ''relógio atômico'' que Diana me dera de Natal .De repente (QUE MACHADO PARA DESMATAR O MUNDO !) levantei a vista e meus olhos se encontraram com os dela ; lhe dirigi um cumprimento carinhoso e simpático : ----- Incomodo (??) (perguntou ela) Pergunto porque sei como é difícil retomar a leitura quando se está sozinho em sua mesa e alguém o interrompe e 's ´opéra vivant de la poesia'', passando do ponto de vista do líder inspirado para o do mero espectador , sem aviso ; digo : da interessada ''promesse de bonheur'' para a estética desinteressada deste anel nos meus dedos. De repente , surge um poderoso eixo focal conectando-o à mim. CH´IN. TAN ... como a laca à luz do sol ; digamos que uma das características desse castigo seja não poder queimar etapas e dizer sem cerimônias do que se trata. E se desobedeço de vez em quando a esta regra é apenas por detalhes de pouca importância (.) ------, ela disse Voltei ao livro e propositadamente comecei  a fazer caretas , para mostrar como estava envolvido com a dependência da CHina em relação ao endividamento para estimular a economia quando acabasse o dinheiro e nenhum outro pudesse mais ser captado. O Japão de 1992 era a bolha da China  atual ----- sem tirar os olhos da página.  Mais escuro que pervanche. Desregulamentar exige mais controle do que parece ---- desfazer empecilhos, entraves  e nós burocráticos é descentralizar e deixar que negociem na ponta  por si mesmos. O que está sufocando os investimentos ''na ponta'', sob a Fortuna , depende do laboratória de reinvenção progressiva . Thomas Edison, por exemplo, tentou 75 vezes até acender a primeira lâmpada elétrica (splendor  ´mondan, tudo sob a Luz ) e a primeira rua americana dada à Luz foi Wall Street... desregulamentação e redução do tempo nos processos decisórios. Mas há não apenas um , mas milhares de grupos de interesse público confrontando-se na base de todo esse negócio; uns violentos, outros menos. Os menos violentos, no entanto, mostram-se terrivelmente céticos; amam a televisão e as 'entrevistas' .... AGORA (pensava então) PRINCIPALMENTE AGORA, É QUE DEVO SER QUATRO. Porque terei que usar um ou dois  para (volta e meia) me afastar da marcha estrita e real dos acontecimentos, que tendem a arrastar o governo para fora do êxtase de degustação literária do mundo . É preciso limpar o pântano de Washington, aquela vaga conexão entre criminalidade e calamidade ----- o tão discutido corporativismo é produto de uma falta de percepção do todo que só pode ser alcançada em momentos de nirvana institucional , lendo tão intensamente concentrado nas entrelinhas que a velocidade dos movimentos inconscientes supere  o movimento do relógio, rompendo a marca do tempo. ----- O modelo norte-americano de Administração é baseado em competição e associação local de interesses privados. O liberalismo criou isso como forma de vender a imagem de uma sociedade ativa e participante , quando na verdade não passa de camuflagem para uma administração permeada por grupos de interesses que interferem em tudo o tempo todo. Interesse público misturado ao privado sempre foi a marca maior dos governos americanos, mesmo depois das grandes intervenções históricas. O clientelismo da época negra de Boston até hoje serve de paradigma para quem sobe ao poder. A cadela que , ganindo , late contra seu dono : o Governo Empreendedor torna-se desenvolvimentista num passe de mágicas. Nixon e o New Deal, aqu, não passam de grandes conversações fúteis.  Estamos falando da Terra sob a Fortuna. Cada esfera aqui tem o seu Senhor. Mudanças sempre alternadas, biasmata, NÃO DIFÍCIL DE FAZER . O Novo Maquiavel usa o topo como modo supremo de trazer ao Espírito seus verdadeiros interesses . Então, você estava me observando ontem à noite (??) -----, indaguei. Mas Diana não queria dar a impressão de ter surgido do nada  no quarto escuro, do ''corredor de ficções'' do governo, só para me enfeitiçar . -----  Estava mais atenta à você que o normal sim, ontem à noite (ela disse) Propriedade (?) Uso indevido (??) Hahaha.. há uma grande diferença aqui, qualquer que seja a atitude que se queira assumir frente a isso ; Desde quando tivemos tantas promessas de guerras simultâneas contra a América (?) Mas gosto de ver seus dedos friccionando o pulso ao final de cada parágrafo. Mais 'nous' , de nous mettre en état DE les faire .  Je peux commencer une chose tous le jours.  Só não conseguirá mover o mundo inteiro só com isso. No entanto , concordo que é bem esquisito (.) -----, ela disse. Havia muito pouco de mim, até então, deixado naquele registro sobre a mesa. O advento da verdade que decidiria o ser-aí-histórico, mas somente a partir da auto-superação dos esforços de governo . Uma meditação sobre o problema da arte de governar no limite extremo de seu destino, quando o cérebro de todas as autoridades do mundo se desprendem de si mesmas (embustes de um único feitiço demoníaco ??) para se moverem no mais puro nada, suspensos em um tipo de limbo diáfano entre Ser e Não-Ser. Eis a questão : ----- Isso manterá o estado de esperança até o fim, não é (??) Esperança que é a disposição infernal por excelência. Mas CHUN TZU AQUI NUNCA (!) , e os dogmáticos terão que seguir mentindo se quiserem salvar um pouco de seu velho conformismo das garras da vigilância popular . Os tempos realmente mudaram, mas na condição de terem-me como único Memnão em meio a tantos fantoches. Golpeando esses cubos de aço  com meu lápis, falarei da ''Mente Governamental'' apenas como algo  ''vagamente resistente' às auditorias, interessada mais em equidade do que na mera terminologia obrigatória. O artigianato escorrega em alguns pontos enquanto instituição das ''auto-estimas'' , mas com todas as metas integradas não há erro. Um corpo de jesuítas, um grupo de mandarins chacoalhando a fita de cada reunião para parar o tempo e substituir algumas importações. Luce benigna, negli occhi tuoi ; quel che voglio io , tu vuoi (?) Tu vuoi (??) -----, eu disse, rindo, entre misterioso, sugestivo e ininteligível.  Possivelmente, uma certa intraquilidade do meu olhar deixara Diana intranquila, algo que poderia estender-se ao resto da população americana numa fração de segundos. Qualquer protuberância bélica do mundo varonil da suíte presidencial que quiséssem investigar e alisar nos jornais, estaria agora ao alcance no Livro do Falcão. O carro do sol está lançado ao mar. ----- Que tal (?) (eu disse) claro que o narcisismo é a inclinação dominante aqui, mas não a direção exclusiva.  As lutas surgem como sempre , reproduzindo os traços e valores de um mundo extremamente individualista. Mesmo quando explodem manifestações sociais, é sempre a lógica individualista que prepondera de um extremo ao outro do conflito.  Globalmente não há diferença : os interesses pessoais prevalecem sobre a consideração geral . Lassidão sobre militarismo (.) -----, mas ela parecia estar envolvida numa espécie de relacionamento muito dramático com meu ego para que ele se tornasse um objetivo governamental acima de qualquer suspeita. 

K.M.

Nenhum comentário:

Postar um comentário